Entre um voo e outro com Willians Mischur: o glamour e as riquezas de Angra dos Reis

Confesso que eu, Willians Mischur, cheguei a Angra dos Reis (RJ) sem muita expectativa do que iria encontrar na cidade. Passei alguns dias por lá com minha família e agora posso dizer com toda propriedade: temos um caribe brasileiro estonteante e que tem todo o mérito de também levar o nome de “Costa Esmeralda”.

Mas, prepare-se. A cidade exige um pouco mais de investimento para que seus dias sejam fantásticos, como os meus foram. Antes de começar a falar do que fizemos por lá, vamos falar um pouco da história da cidade?

Angra dos Reis está situada ao sul, cerca de 180 quilômetros da capital do estado, Rio de Janeiro. Para chegar lá, é possível por terra ou ar: eu fui de helicóptero e recomendo, já que começa a ver as belezas de Angra do alto e entende que a cidade é um paraíso.

Angra também é uma cidade histórica: são 517 anos. Sim, isso mesmo. Angra dos Reis foi descoberta pelos portugueses em 1502, sendo colonizada em 1556. Portanto, é uma das cidades mais antigas do Brasil e, ainda assim, continua guardando belezas quase indescritíveis.

Com águas cristalinas, que misturam verde e azul turquesa, Angra é o glamour brasileiro. Como eu, Willians Mischur, sempre priorizo conhecer muito além do que o turismo clássico conhece, dou a primeira dica imprescindível para aproveitar bem seu destino: alugue um barco ou uma lancha. Com o barco você conseguirá ter independência e conhecer lugares escondidos e pequenos paraísos que o grande fluxo de turistas não chega.

Não é por menos que Américo Vespúcio, um dos portugueses a desbravar Angra dos Reis a 500 anos atrás, a descreveu belamente, em uma carta enviada a Portugal: “Algumas vezes me extasiei com os odores das árvores e das flores e com os sabores dessas frutas e raízes, tanto que pensava comigo estar perto do Paraíso Terrestre […]”.

Vespúcio continua a ter razão, mesmo com cinco séculos nos separando. Nós, por exemplo, paramos o barco perto de uma das 365 ilhas de Angra – sim, a cidade possui 365 ilhas em seu entorno! – e estávamos mergulhando com snorkel, quando fomos surpreendidos com uma tartaruga nadando ao nosso lado, a menos de um metro de nós.

Meus filhos ficaram enlouquecidos e, claro, eu também. A transparência da água é impressionante. Os animais marinhos passam muito perto e são cenas extraordinárias, que mostram como viajar é incrível. Além da fauna, a flora marítima é quase intocável e, quanto mais nos afastamos da rota turística clássica, mas temos a oportunidade de nos extasiar com o colorido do mar.

Outra dica para aproveitar o melhor de Angra é: não fique em hotéis, alugue uma casa. São vários condomínios pela cidade, com opções que vão das mais simples até mansões mais luxuosas. Ao alugar, você terá muito mais liberdade, desde fazer uma comida, como ter um café da manhã diferente com sua família. Nós estávamos em seis pessoas e posso dizer que foi a melhor decisão que tomamos.

E aí? Ficou com vontade de conhecer esse paraíso na Terra? Tenho certeza que Angra dos Reis é um destino fantástico e impressionante, que assim como me surpreendeu, pode surpreender você.

Sou Willians Mischur. Brasileiro, esposo, pai, empresário, fotógrafo, master coach, aficionado por viagens e um eterno sonhador.

Entre um voo e outro, vem comigo! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *